Precisamos falar sobre dinheiro


Quantas vezes você sentou em um bar e o assunto da mesa foi dinheiro? E dessas quantas foi sem reclamar? Sem falar que é difícil demais? Ou ainda afirmar que dinheiro só faz atrapalhar nossa vida e criar ganância? É um assunto que falamos pouco, muito pouco, e quando entra na roda é para ser xingado.

Usamos muito, todos os dias praticamente, sem nem trocar palavras sobre ele. Sempre tem uma coisinha precisando em casa: o queijo, a manteiga, o limão, a água. Fora quando o liquidificador resolve quebrar ou o lençol decide desgastar ou …. Um fato é: ninguém vive sem dinheiro em condições urbanas padrão. A grande maioria também não vive sem pensar em como ganhar mais, render, ficar tranquilo na semana dos vencimentos.

Por essas e por outras questões não menos importantes, Denise Damiani escreveu o Ganhar, gastar, investir. O livro é voltado para o público feminino, o subtítulo é O livro do dinheiro para mulheres, afinal é o lado menos favorecido nessa conversa. Se pouco se fala em dinheiro nas rodas masculinas ou grupos mistos, menos ainda entre mulheres e ainda menos na educação de base feminina.

A gente cresce sem fazer ideia do que é investimento, bolsa, juros, taxas e afins. As famílias mais ajustadas financeiramente ensinam o bê a bá básico, como economizar, não gastar tudo em sapatos, como fazer feira, cuidados com o crédito. Eu estive num lar desses, aprendi direitinho; tenho 29 anos, nunca devi nada a ninguém e sempre anotei todos os meus gastos em cadernos porque sou old school.

Com a carreira empreendedora e a maturidade em si, percebi buracos na minha educação financeira. Fiz o que faz a maioria de nós: deleguei. “Amor, resolve aí”. E nunca investi, nem mesmo sabia como era isso. Como todos que têm negócios, fui aos poucos me inteirando dos fatos, aprendendo um pouco cada dia. O livro de Denise caiu no meu colo já este ano, depois de muito baque, teria sido bem útil alguns anos atrás, mas tudo tem seu tempo.

william-iven-8514

Foto: William Iven

Expandi as ideias, percebi como nós, mulheres, somos bola fora de campo nesse assunto e me senti menos sozinha na jornada. Ainda faz a gente sacar muitas coisas sobre o mercado de trabalho. Além de autora do livro e consultora, Denise também é engajada em alavancar a carreira do time feminino, empoderar eu diria.

Precisamos falar mais sobre dinheiro, se portar como donas da carteira, aprender, trocar ideias, fazer o ciclo girar fora dos cofrinhos e quebrar a crença de que o mesmo traz problema. Na verdade, é uma solução e tanto por dois motivos: primeiro porque não poderíamos viver de escambo para sempre, já pensou sair trocando cavalos por sacas de feijão por aí? Segundo porque paga por serviços, recompensa, engrandece, dá liberdade e independência. Não precisa ter medo dele, no fim das contas é só o papel.

Me encerro aqui sem mais delongas. Livro recomendadíssimo, não só para mulheres. Os homens também têm muito o que aprender até porque não sabem muito mais que nós e de quebra ainda compreendem mais sobre a educação feminina e isso é importantíssimo.

Livro:

Ganhar, gastar, investir. O livro do dinheiro das mulheres. Denise Damiani com Cynthia de Almeida. R$45, comprado na Livraria Cultura.

Foto topo: Wilfred Iven