Frango: esqueça aquele filé sem graça


Minha carne favorita sempre foi e, provavelmente, sempre será peixe. A maioria dos originários do mar me apetece; o peixe é o mais comum, adoro todos da sardinha ao salmão selvagem. Junto a isso, também tinha certo abuso ao frango, afinal aquele aspecto pálido não ajudava nada ou pior, lotado de temperos subversivos como os caldos artificiais e em pó da vida.

Mas, como não se vive de uma comida só e é muito importante a variação, inclusive tendo refeições veggies, resolvi dar uma chance ao bicho, fazendo eu mesma uma receita. Pesquisei umas coisas, misturei tudo, como de costume, e resultou num frango delicioso, modéstia à parte, que minha irmã pede inúmeras vezes.

Este de hoje cortei em tiras menores, mas você pode usar este tempero em qualquer pedaço, peito a coxa. Dá um ótimo almoço de domingo, como no dia da foto, até um jantar caprichado no meio da semana já que é super rápido de fazer. Sim, coloco tudo a gosto, então faça o mesmo! Lá vai.

Ingredientes

  • Frango (jura?)
  • Gotas de limão
  • Sal
  • Pimenta do reino preta
  • Cúrcuma
  • Mel ou mascavo
  • Shoyo macrobiótico (compro em loja de produto natural)

Com a carne descongelada, coloque umas gotas de limão para tirar dar uma amaciada. Tempere com pouco sal porque o shoyo já é salgado, a pimenta e a cúrcuma, você também pode colocar chimichurri. Transfira para um saquinho plástico (ou para uma vasilha) e adicione o mel ou açúcar (moderação, é uma colherinha só para dar crocancia) e o shoyo. Misture tudo e deixe apurar por 1h.

Coloque os pedaços na frigideira com ghee ou óleo de coco, tampe e aguarde um pouco para cozinhar por dentro. Depois tire a tampa e vá virando até chegar no ponto, se ficar tampado o vapor não vai permitir o aspecto de assadinho. E se passar do ponto, fica duro, não precisa de muito tempo, de 5 a 8min no máximo. Com a ghee fica mais douradinho. Se você puder, pode ser manteiga. Nunca jamais, margarina!

No dia servi com purê de batata, feito sem leite e com ghee e um pouco de parmesão ralado na hora e salada básica: alface, tomate e palmito com azeite.

Vamos as dicas para variar o sabor:

  • Retire o mel e coloque mostarda de qualidade, observe os ingredientes. Fica maravilhoso com batata doce.
  • Substitua o shoyo e o doce por páprica picante ou defumada ou as duas.
  • Tempere com a páprica e sem o shoyo e mel, deixe assar; coloque molho de tomate caseiro e orégano.
  • A pimenta do reino e a cúrcuma podem se manter sempre, são temperos básicos que não brigam com outros, são também super saudáveis.

Nunca mais você vai querer aquele frango sem graça, é muito mais gostoso fazer o seu. Fora a praticidade, não tem desculpa. Congele já em porções se morar só ou em dupla.