Especial de Natal: biscoitos gingerbread


Chegou a melhor época do ano, o mês de dezembro junto com as festas natalinas, as confraternizações, as vibrações pelo novo ano que se aproxima. Nestes tempos, fico num mix de sentimentos, emocionada, agradecida (sempre e independente de qualquer intempérie), cheia de planos e expectativas e com uma enorme vontade de comer todos os quitutes da temporada.

Por isso, comecei a fazer logo o que dá para os lanches, afinal para que esperar o dia da ceia, não é? Outra coisa legal que adoro fazer é presentear os amigos com comida e, geralmente, esses lanchinhos são ótimas ideias. Hoje trago para vocês o famoso gingerbread, um biscoito natalino americano, geralmente com corte de bonequinho, mas adaptei para o de arvore de Natal. Você pode fazer a seu gosto mudando as especiarias, usei o clássico: gengibre e canela. Pode ser também: raspas de limão ou laranja, noz moscada, só a canela, cacau etc.

img_1340

Ingredientes

  • 40g de farinha de amêndoas
  • 30g de fécula de batata
  • 15g de farinha de grão de bico ou amêndoas ou arroz
  • 15g de farinha de arroz integral ou branca
  • 3 a 4 colheres de sopa de ghee ou manteiga (não testei óleo de coco, mas pode dar certo)
  • 50g de açúcar demerara e mascavo mistudados
  • ¼ colher de café de goma xantana
  • 1 ovo
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 colher de chá de gengibre em pó
  • 1 colher de sopa mel ou melaço
  • 1 colher de chá de baunilha (fiz sem porque não tinha e deu certo)
  • ¾ colher de chá de bicarbonato de sódio (faz ficar mais fofinho)

Mistura os secos primeiro, aí põe o mel e o ovo e mexa com uma colher mesmo. Depois coloque a ghee aos poucos, a massa deve formar uma bola lisa, sem grudar nas mãos, mas não pode ficar muito melequenta. Nesse momento tem que meter a mão mesmo, tá? Hahaha se quiser proteger as unhas, use luvas fininhas.

Agora é só abrir com um rolo ou um copo (usei muito antes de comprar o rolo) em cima de um papel manteiga ou balcão limpo, ambos devem ser enfarinhados antes para a massa não grudar. Pode ir abrindo aos poucos. Usei o cortador de arvore, bolinha e coração, vende em lojas de culinária (aqui no Recife: Irmãos Haluli, Arcol, Atacado dos Presentes etc). Assar com forno 200 graus, de 10 a 15 minutos. Fique de olho, quanto mais finos, mais rápido assam, olhem o a base e não a parte de cima; untar a forma ou o papel manteiga (prefiro porque suja menos).

Esses biscoitos são ótimos para por num saquinho e dar de lembrancinha ou receber os amigos e familiares para um café ou chá. Pode deixar pronto também para o lanche da tarde do dia 25 e comer assistindo filme besta.

Se você não quiser cozinhar, indico: as geleias e caponatas da Marcela aqui no Recife (vai lá no @la.vemopote no Instagram) ou os bolinhos de May (segue no @foconameta), ambos com embalagem especial e num kit lindo.

Mas, recomendo tentar. Cozinhar é igual andar de bicicleta, você tropeça, erra e depois que aprende, pega o embalo. Só que no caso da cozinha é essencial para nossa vida, a não ser que você seja do tipo que come tudo cru.

Este post é o primeiro temático de Natal, se preparem que vem muito mais! E em todas as áreas do blog. HO HO HO (besta, eu sei)